TV Catarina apresenta Maurício Sirotsky Sobrinho – 15

Esta etapa da mesa redonda, predominantemente marcada pela presença e opinião de anunciantes, ressalta a fragilidade da participação das agências de propaganda numa etapa decisiva de mudanças radicais no mercado da comunicação em Santa Catarina.

Avilson: Para justificar o que falei sobre a falta de confiança do cliente (em Blumenau existe agência há dez anos), falta, então, mais agressividade ao visitar o cliente, no sentido de levar mais informações. A agência, quando vai visitar o cliente, é somente para vender. Se visitasse continuamente, levando estatísticas de audiência, mais a fim de colaboração com o anunciante, abriria a porta cliente-agência. Assim, ela procura divulgar o seu cliente e esquece-se de sua imagem. Raramente vi uma agência fazer propaganda de si própria. Ela é ainda uma alienígena no mercado.

Noemi: Quero aproveitar, em última análise, para me congratular com a Rede Brasil Sul por instalar, aqui, o Canal 12, exatamente em maio quando nossa Associação Comercial está fazendo 50 anos. Desejamos que sejam bem servidos, e louvamos esta iniciativa de reunir nessa mesa, homens vinculados à agências de publicidade de Santa Catarina, alguns empresários e representantes de entidades. Esperamos que o sucesso seja pleno, como ocorreu em relação as outras emissoras que aqui vieram há dez ou 12 anos passados.

Moacir: E para responder à parte final do que anteriormente foi indagado, quanto ao que a universidade pode oferecer, posso dizer eu o curso está instalado, e que o reitor, professor Steven, está dando toda a força em termos de pessoal habilitado, de material, bibliografia, enfim, todas as condições para que o curso funcione. É oferecida habilitação em jornalismo, mas as agências de publicidade precisam de redatores em condições de exercer o trabalho. A Universidade coloca-se à disposição das agências para emprestar qualquer colaboração nesse campo, e está aberta a todas as outras opções de currículo que ela oferece no sentido de levar contribuição às empresas de publicidade e de comunicação geral. O curso foi instalado justamente para oferecer essa profissionalização, especialmente aos veículos. Todos os que estão participando desta reunião estão convidados a visitar o Curso de Comunicação que está funcionando no prédio da imprensa universitária, no coração do Campus.

Oswaldo: As agências devem atentar para a característica do nosso Estado: pulverização populacional e comercial – são poucas as lojas que têm rede em todo o Estado. Em conseqüência, talvez fosse possível estabelecer um preço diferenciado nos veículos. Em com relação ao setor industrial, o nosso mercado é produtor, não consumidor. Então, deve ser feito um trabalho diferente em cima das indústrias. E quanto a idéia do Roberto de tentarmos dialogar sobre o assunto, estamos à disposição.

Koerich: Manifestamos o agradecimento pelo convite e registramos, como loja de varejo, a nossa preocupação com a abertura de novos veículos, mas esperamos que estes venham a dinamizar, melhorar inclusive a qualidade, com uma boa mensagem que possa atingir o consumidor final e, em conseqüência, trazer maiores lucros para as nossas empresas. E como mensagem final à empresas de publicidade, eu sugeriria uma maior agilização e, tanto quanto possível, uma redução em seus custos.

Júlio: Quero agradecer como publicitário e empresário, porque acho que hoje, para nós que trabalhamos em agência, acontece um fato importante: agências, anunciantes e veículos sentam-se à mesa para conversar ao mesmo nível sobre o assunto propaganda. Não me lembro que isso tenha ocorrido anteriormente. Em Itajaí a associação está fazendo 50 anos e a Gran Meta fará dez anos, agora em 1979.

Categorias: Tags: , , , ,

Por Antunes Severo

Radialista, jornalista, publicitário, professor e pesquisador é Mestre em Administração pela UDESC – Universidade do Estado de SC: para as áreas de marketing e comunicação mercadológica. Desde 1995 se dedica à pesquisa dos meios de comunicação em Santa Catarina. Criador, editor e primeiro presidente é conselheiro nato do Instituto Caros Ouvintes de Estudo e Pesquisa de Mídia.
Veja todas as publicações de .

Comente no Facebook

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *