Uma dama, a matriarca da família Sirotsky

Entre as centenas de notícias e mensagens de condolências que marcam a morte de Dona Ione, apresentamos aqui nossas condolências à família parafraseando o colunista Cacau Menezes, no Diário Catarinense e Paulo de Tarso Guilhon, autor da matéria publicada na edição de ontem, 16/11 do Notícias do Dia de Florianópolis.

17758954

“A família Sirotsky, o Grupo RBS e o Sul do País perderam, aos 88 anos, Dona Ione Pacheco Sirotsky, viúva do fundador da RBS, Maurício Sirotsky Sobrinho e mãe dos meus amigos Nelson, Pedro, Sônia e Suzana e avó do Eduardo, atual presidente, filho de Suzana. (…) Maurício e Ione criaram uma empresa modelo não abrindo mão da família. O resultado de sucesso todos conhecemos”, disse Cacau.

(…) A matriarca era guardiã dos valores da família, repassados ao negócio que, ao lado de Maurício e do cunhado Jayme, ajudou a erguer. Pelo trabalho social, recebeu honrarias, como a Medalha do Mérito Farroupilha, a maior distinção concedida pela Assembleia Legislativa, e os títulos de Cidadã Honorária e Cidadã Emérita da Câmara da Capital”, disse Paulo de Tarso Guilhon. [ Antunes Severo, presidente do Instituto Caros Ouvintes de Estudo e Pesquisa de Mídia].

Categorias: , Tags: , , ,

Por Antunes Severo

Radialista, jornalista, publicitário, professor e pesquisador é Mestre em Administração pela UDESC – Universidade do Estado de SC: para as áreas de marketing e comunicação mercadológica. Desde 1995 se dedica à pesquisa dos meios de comunicação em Santa Catarina. Criador, editor e primeiro presidente é conselheiro nato do Instituto Caros Ouvintes de Estudo e Pesquisa de Mídia.
Veja todas as publicações de .

Comente no Facebook

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *