Uma palavra de despedida, apenas: Saudade


Nossa viagem começa… Aquela viagem sem passagens, sem motoristas, sem cobradores, sem guias de turismo ou hora de chegada… É a viagem à qual nos leva a imaginação.

Nossos sentimentos vão nos levando por aí, embalados pelo som, pela recordação, parando onde queremos parar, seguindo avante e muito mais longe à procura das coisas que ficaram lá longe, fora do alcance das nossas mãos e fugindo do nosso querer…

Esta é a viagem da saudade, pelos caminhos irreais que hoje seria impossível trilhar…

Saudade… Palavra pequenina, com força de gigante… Saudade, palavra que muitos teimam em dizer.

Inexistente…

Saudade, intraduzível como estado da alma, como forma, como conteúdo…

Saudade…

Saudade com fundo musical que fala de amor e de ternura… Saudade, espelho vivo das coisas que viveram conosco, que nos fizeram sorrir, ou chorar…

 

Categorias: Tags: , , ,

Por Donato Ramos

Radialista desde quando estreou ao microfone da Rádio Clube de Paraguaçu Paulista, na década de 1950. Trabalhou nas principais emissoras de Rádio do Paraná e Santa Catarina atuando na locução, produção e direção artística. Tem dezenas de livros publicados sobre rádio e jornalismo. Atualmente se dedica a ações filantrópicas.
Veja todas as publicações de .

Comente no Facebook

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *