Venezuela transmite rádio e televisão usando “satélite Simón Bolívar”

Caracas, 10 Jan (Lusa) – A Venezuela realizou hoje a sua primeira transmissão de rádio e televisão usando o “satélite socialista Simón Bolívar” (Venesat 1) cujo controlo operacional foi entregue oficialmente pela China.

A primeira transmissão consistiu no acto de entrega do controlo operacional e foi realizada a partir da Base Aero-espacial Capitão Manuel Rios situada em El Sombrero, no estado venezuelano de Guárico (a sul de Caracas), tendo sido retransmitida em simultâneo e de maneira obrigatória pelas rádios e televisões do país.

Fabricado pela China, o Venesat 1 foi lançado a 29 de Outubro no Centro de Satélites Xichan, iniciando um período de prova que terminou hoje.

Será controlado a partir de duas bases terrestres, uma em El Sombrero, no Estado de Guárico e outra em Luepe, Estado Bolívar, a sul e sudeste de Caracas respectivamente.

Segundo as autoridades venezuelanas, o novo satélite terá como prioridade o uso social e assistência a sectores mais necessitados (500 comunidades), será dedicado em 45,1% à saúde e telemedicina, 20,9% à educação e telecomunicações, 15,9% ao trabalho comunitário e 6% a programas de desenvolvimento agro-alimentar.

Na área da tele-medicina permitirá a realização de radiografias, ultrasons, ressonâncias magnéticas, mamografias e importantes exames médicos de populações distantes dos principais centros médicos, suprimindo a necessidade de longas viagens.

Por outro lado permitirá a divulgação de programas educativos sem a necessidade de existir uma sala de aulas física.

Segundo a ministra de Ciência e Tecnologia, Noris Orihuela, permitirá ainda melhorar o fluxo de informação através das redes de telefonia, Internet, rádio e televisão.

Segundo Yuan Jiajun, um dos responsáveis pelo projecto de construção e posta em marcha do projecto, o Vensat 1 é um dos satélites mais avançados do mundo, usa os melhores padrões de qualidade e terá uma vida útil de 15 anos.

Abrangerá toda a América Central e as Caraíbas e traduz o “início da cooperação aero-espacial entre a China e a Venezuela”.

A cerimónia de entrega do controlo operacional do “satélite socialista Simón Bolívar” foi transmitida na totalidade através do canal 998 da Directv.

FPG Lusa/Fim

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *