Viajar é preciso

Sempre que você não encontrar as informações de que precisa no lugar onde está, mude. A resposta que você não achar dentro de você, busque fora. Não sinta medo de pedir ajuda, de recorrer, de buscar alternativa. Amyr Klink já dizia que “um homem precisa viajar para lugares que não conhece para quebrar essa arrogância que nos faz ver o mundo como o imaginamos, e não simplesmente como é ou pode ser. Que nos faz professores e doutores do que não vimos, quando deveríamos ser alunos, e simplesmente ver”. Quando li essa frase decidi que seria a epígrafe do meu relatório escrito para o trabalho de conclusão de curso, estava pronta mais uma página.

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *